Marcelo Vig | Estúdio

vig
Carioca da gema e Londrino por afinidade,  Vig dividiu seus últimos 15 anos entre Rio e Londres, optando (finalmente) por ficar no Rio! Como baterista, Vig já trabalhou com grandes nomes dos dois lados do Atlântico como: Eminem, Avril Lavigne, Will Smith, Kelly Rowland (Destiny’s Child), Stacie Orrico, Bishi, Cass Fox, Jason Donovan, Shakin’ Stevens, Debbie Bonham   e Patrick Wolf, aclamado artista Britânico com quem rodou o mundo tendo tocado nos principais festivais como Glastonbury, V Festival, Sudoeste, Benicassim, Terra etc e com quem também abriu a turnê Americana de Amy Winehouse em 2007.
No Brasil já gravou com Gilberto Gil, Lenine, Roberta Sá, Pedro Luis, Zé Renato, Fenix entre outros, e foi baterista da banda Tantra(Universal Music) nos anos 90. Também tocou/toca com Lobão , Marcelo Bonfá (Legião Urbana),  Léo Jaime, Pedro Luis, Alexia Bomtempo, Katia B, Julia Bosco, Vulgue Tostoi, Letuce, Marina Lima entre vários outros…
TRABALHO SOLO:
No final de 2014 lançou seu primeiro Album solo “Om’Dub” através de uma bem-sucedida campanha de CrowdFunding pela Embolacha discos. O album conta com participações especiais de Pedro Luís, Marco André, Marcos Suzano, Vulgue Tostoi, Lucas Vasconcellos e vários outros músicos e artistas renomados. Foi mixado e masterizado em Londres por Glenn Skinner e Colm O’Rourke respectivamente. Em Setembro de 2016 lançou o EP Solarize, também pela Embolacha. Desta vez Vig conduziu todo o processo menos o de Masterização a cargo de Colm O’Rourke nocamente.
O EP conta com as participações de Marcos Suzano, Raquel Coutinho, Federicco Puppi (Cello), Marcos Moletta (Rabeca), MCs Jovem Cerebral e Papo Reto do Stereo Maracanã, Lucas Vasconcellos e Gabriel Muzak e pode ser ouvido no Spotify.
TRILHA SONORA: Como compositor Vig já foi premiado na Itália no Festival Massimo Troisi 2003  com a música MAGIC EYES em parceria com Bruno LT. Teve uma de suas músicas incluídas na MTV USA no seriado MY LIFE AS LIZ, e participa com frequência de briefings internacionais para marcas como Bacardi, BMW e outras. Assinou também a trilha de três espetáculos de dança da coreógrafa Mara Castilho: (des)assossego, City Lost 0.11 e O Mundo é de quem não Sente.
Como DJ começou com um curso em Londres na renomada escola S.A.E. em 1998. Entre 99 e 2001 atuou no Brasil tocando na emergente cena eletrônica e tendo inclusive tocado na tenda Eletro do Rock in Rio III.Ao se mudar para a Europa no início de 2001 Vig tocou ainda em Lisboa e foi DJ residente do Clube Guanabara de Londres, na festa Caipirinha Appreciation Society. Comandou o programa de Rádio de mesmo nome na rádio Life FM juntamente com MDC Suingue que hoje conduz o programa como um dos podcasts mais ouvidos da internet.
Além de integrar o Coletivo Conecta, Vig participa como Baterista e DJ no Live PA House Spirit Brazil, de Rodrigo Sha.
Siga Marcelo Vig na internet: